Quarta-feira, 11 de Maio de 2011

Carmo Dalla Vecchia já foi jornalista, motoqueiro... Agora ele vive um rei

Ator comenta seus antigos personagens e visuais

 

Carmo Dalla Vecchia é um verdadeiro camaleão. A cada personagem, o ator muda completamente o visual. Isso porque ele interpreta tipos bem diferentes nos variados trabalhos que faz. Ele já foi motoqueiro, empresário, jornalista, um senhor de escravos e agora dá vida ao rei Augusto em Cordel Encantado. Dalla Vecchia relembrou alguns de seus personagens e seus distintos looks: ''Quando trabalhei em Engraçadinha (1995) tinha uma coisa meio mauricinho, com cabelinho cortado.''

 

Ele falou ainda da época em que atuou em Linha Direta Justiça, em 2004 e 2006: "Fiz o programa sobre um tenente, um cara de época que usava bigodinho e cabelo mais curtinho. Outro que foi muito interessante contava a história de um gaúcho de 1864 - era visual de época.''

 

Já em A Cura, de 2010, Dalla Vecchia apareceu irreconhecível, na pele do explorador de minérios Silvério: "Ele tinha unhas enormes, que cultivei por quatro meses e cabelo largado'', lembra o ator. Confira a matéria completa no vídeo!

 

publicado por artedetodos às 22:41
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Chegou a vez deles: Os gatos das novelas que arrancam suspiros!

Timóteo (Bruno Gagliasso) e Jesuíno (Cauã Reymond), de Cordel Encantado, parecem ter saído de um conto de fadas. Quanta beleza!

publicado por artedetodos às 22:32
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Vilão, mocinho, cafajeste... Os vários visuais e personagens de Gagliasso

Ator está no ar como Timóteo, de Cordel Encantado

 

Ainda com rosto de menino, Gagliasso era Caetano, de A Casa Das Sete Mulheres, de 2003. O ator viveu um guerreiro da farroupilha e usava roupas da época e cabelo curto

Na trama América, de 2005, seu personagem Júnior era um homessexual. Para fazer o papel, Gagliasso deixou as madeixas crescerem

Com franjinha e barba crescida, ator interpretou o caipira Ricardo, de Sinhá Moça, em 2006

Na pele do mocinho Eduardo, de Ciranda de Pedra (2008), ator estava com cabelo um pouco maior e mais claro

Como o esquizofrênico Tarso, de Caminho das Índias (2009), Gagliasso apareceu com madeixas mais escuras e compridas, além de um visual e de roupas mais joviais

Gagliasso era o cafajeste Berilo, em Passione (2010). O personagem caprichava no visual de malandro: cabelos maiores, cavanhaque e blusinha aberta

Para viver o vilão Timóteo, da trama das seis, Cordel Encantado, o ator teve que emagrecer e apareceu com um visual mais limpo: sem barba e madeixas com gel

 

publicado por artedetodos às 22:20
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Tá na Boca do Povão: Pais adotivos devem revelar a verdade aos seus filhos?

Açucena, de Cordel Encantado, não é filha biológica de Virtuosa e Euzébio

Na cidade de Brogodó, em Cordel Encantado, a Açucena (Bianca Bin) passou a vida inteira sem saber que era filha adotiva da dona Virtuosa (Ana Cecília Costa) e do seu Euzébio (Enrique Diaz). Foi pensando nisso que o VÍDEO SHOW levou a questão para ser debatida com o povão. Afinal de contas, os pais adotivos devem ou não revelar a verdade aos seus filhos? Que dúvida, né? Confira a opinião dos telespectadores!

publicado por artedetodos às 22:17
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Os mentirosos de plantão dizem uma coisa, mas escondem outra

Vídeo Show revela tudo o que esses personagens realmente pensam

Sabe aqueles personagens que dizem uma coisa, mas na verdade estão escondendo outra? São os verdadeiros dissimulados, falsos e mentirosos. Mas aqui no VÍDEO SHOW esse pessoal não consegue escapar. A gente revela tudo o que eles realmente estão pensando.

 

A tática usada pela vilã Úrsula (Débora Bloch), de Cordel Encantado, para arrancar informações dos outros é o famoso soro da verdade. Já imaginaram se ela provasse do próprio veneno? Veja o que aconteceria se ela e outros personagens da telinha tomassem esse líquido poderoso.

publicado por artedetodos às 22:13
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Notas no Blog Kogut

O blog de Patrícia Kogut tem registado imensas notas para Cordel Encantado (na maioria positivas:))

Ontem havia esta nota: 

Nota 10"Para o elenco infantil de “Cordel encantado”. É uma raridade ver crianças na televisão longe daquele tatibitate clássico. Destaque para João Fernandes, que interpreta o Nidinho. O garoto é incrível"
 
 
Hoje no blog: o link com várias notas
publicado por artedetodos às 21:56
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Farid tenta convencer Penélope a ir embora de Brogodó

Jornalista não dá ouvidos a pedido do barbeiro

Farid diz para Penélope que ela tem que ir embora de Brogodó

Ao descobrir que Penélope (Paula Burlamaqui) está em Brogodó e que Neusa (Heloísa Perissé) reparou na presença da jornalista, Farid (Mouhamed Harfouch) se desespera e vai ao encontro de sua terceira mulher.

O barbeiro chega de surpresa no quarto da pensão onde Penélope está hospedada e diz que ela tem que ir embora pois aquela região é muito perigosa, cheia de cangaceiros.

“Said quase teve enfarte, quando foi no seu jornal e contaram que você tava nesses banda. Aqui é muito perigosa!”, afirma.

Penélope não dá ouvido e começa a seduzi-lo. “Você não tem que aprovar nada. Sou uma mulher livre. Mas com saudades, sabia?”. Ela puxa Farid que se deixa levar pelo encanto da jornalista.

Brogodó é uma cidade muito pequena. Como o barbeiro vai fazer para conseguir manter Neusa longe de Penélope?

publicado por artedetodos às 20:41
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

A pedido de Rei Augusto, Ternurinha pede desculpas para Maria Cesária

Mulher do prefeito insiste para que a cozinheira volte para o Palácio do Governo

Ternurinha reluta, mas acaba pedindo desculpas a Maria Cesária

Depois que Rei Augusto (Carmo Dalla Vecchia) descobriu a verdade sobre Açucena (Bianca Bin), o monarca resolveu ficar mais um tempo em Brogodó. A vontade dele agora é contar as novidades para Maria Cesária (Lucy Ramos), que fica feliz pelo amado ao saber de tudo.

 

Augusto aproveita para fazer um pedido à amada: que ela volte a cozinhar no Palácio do Governo porque ninguém suporta mais a comida de Ternurinha (Zezé Polessa). Mas Cesária questiona: “Só por isso quer que eu volte? Pelo meu tempero?”. O rei explica que ela sabe que não é só por causa disso e a beija em seguida. Maria Cesária diz que aceita voltar com uma condição: que Ternurinha lhe peça desculpas.

Nada como o pedido de um rei... Mais tarde, Augusto volta à casa de Maria Cesária acompanhado de Ternurinha. Depois de alguma enrolação, a mulher do prefeito finalmente pede desculpas à cozinheira, que agora já pode voltar a cozinhar seus maravilhosos quitutes no Palácio do Governo.

 Maria Cesária fica surpresa com a atitude

Ternurinha pede para ela voltar a cozinhar no Palácio do Governo

Será que ela vai aceitar?

publicado por artedetodos às 20:31
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Açucena diz que não quer ser Princesa

Rei Augusto ouve sua filha dizer que não quer ser princesa

Após levar um susto com a quantidade de fotógrafos em sua apresentação à imprensa como Princesa, Açucena (Bianca Bin) chora amparada por seus pais adotivos e Jesuíno (Cauã Reymond).

Todos tentam fazê-la descer ao salão novamente. “O rei demorou tanto para lhe encontrar... E o povo lá embaixo veio conhecer a princesa. Você!”, incentiva Euzébio (Enrique Diaz).

Ela ficou assustada com o assédio dos jornalistas

Mas Açucena não quer descer. “Quero lá saber de ser princesa? Quero é casar com Jesuíno e ir para a nossa casinha em Vila da Cruz. Eu não gosto desse lugar, nem dessa gente...”, afirma. A tempo de ouvir a jovem, Augusto (Carmo Dalla Vecchia) entra no quarto com Efigênia (Berta Loran) e Padre Joaquim (Genézio de Barros).

Magoado, o rei responde: “Essa gente, Aurora... queira ou não... é a sua família! A família real de Seráfia”.

Augusto sai triste e, no quarto de Fausto (Renato Góes), se consola com a rainha-mãe. “Será que ela prefere continuar vivendo na pobreza, como se fosse uma plebeia qualquer? (...) Ela tem responsabilidades que deveriam estar acima de tudo! A paz do nosso reino depende do casamento dela com Felipe (Jayme Matarazzo)!”, afirma.

Efigênia diz para seu filho ter paciência com Açucena

Efigênia tenta fazê-lo entender que Açucena cresceu em um mundo diferente de Seráfia e que é preciso paciência para que ela se aproxime deles. Ainda triste, Augusto afirma que vai fazer de tudo para tê-la ao seu lado. “Ela vai ter que voltar comigo para Seráfia e se casar com Felipe. Desse destino, ela não pode escapar”.

Como Rei Augusto conseguirá convencer Açucena a seguir a vida como princesa?

publicado por artedetodos às 19:27
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

'Me senti uma princesa de conto de fadas', diz Bianca Bin sobre o novo visual

Atriz afirma que nunca vestiu nada parecido

Açucena vestida como a Princesa Aurora

A sertaneja virou princesa!Bianca Bin gravou as primeiras cenas de Açucena vestida como a Princesa Aurora e ficou encantada com o figurino. "O vestido está lindíssimo. Realmente me senti uma princesa de conto de fadas. Nunca tinha vestido nada parecido", declara.

O visual simples do sertão deu lugar a um vestido cheio de glamour, com muito bordado e brilho. Para complementar o figurino, a atriz ainda usou coroa e fez jus ao cargo de filha do Rei de Seráfia. Mas a atriz confessa que se identifica mais com as roupas sertanejas: "Faz mais meu tipo, mais descolada."

Bianca também acredita que sua personagem não conseguirá abandonar as origens do sertão tão fácil, mesmo se mudando para Seráfia e assumindo o papel de princesa. "Ela já é sertaneja, são vinte anos de sertão, ela foi criada lá. Não tem como virar princesa de uma hora para outra. A origem dela é essa", opina.

Será que Açucena vai mesmo abandonar a vida no sertão? Como Jesuíno deve reagir ao ver sua noiva vestida desse jeito?

publicado por artedetodos às 19:20
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Açucena assume o papel de Princesa

Sertaneja é apresentada à imprensa como a filha do rei

Açucena surge vestida de princesa e todos ficam admirados

Membros da realeza de Seráfia, moradores de Brogodó e muitos jornalistas aguardam ansiosamente a apresentação de Açucena (Bianca Bin) como a Princesa Aurora.

Efigênia (Berta Loran) diz que ela já está descendo e Rei Augusto (Carmo Dalla Vecchia) afirma que os jornalistas estão impacientes. Discretamente, Úrsula (Débora Bloch) comenta com Nicolau (Luiz Fernando Guimarães) que parece estar vivendo um pesadelo.

Jesuíno (Cauã Reymond) olha para o alto da escada e vê sua noiva: “É Açucena! A minha princesa!” Nervosa, Açucena desce os degraus e é recebida por seu noivo.

Rei Augusto, finalmente, apresenta sua filha para os jornalistas: “Senhores, eu lhes apresento minha filha, a princesa Aurora Catarina Ávila de Seráfia!”

Ela não desgruda de seu noivo

Os jornalistas pedem para tirar fotos de Açucena com os membros da corte, mas ela não desgruda de Jesuíno: “Jesuíno é meu noivo. Também tem que sair no retrato.”

Açucena posa com a corte de Seráfia e fica espantada com tantos flashes

Jesuíno diz para ela ficar tranqüila que vai ficar ali perto esperando. A corte se reúne para a foto e Açucena vai ficando cada vez mais nervosa. Diante de todos os flashes, ela fica ainda mais tensa e sai correndo apavorada.

Os jornalistas riem e Rei Augusto fica morto de vergonha, para o deleite de Úrsula e Carlota(Luana Martau).

publicado por artedetodos às 19:13
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Como usar chapéus e não ficar caricata?

Este artigo fala sobre como usar chapéus da melhor maneira, e parte deste fala sobre a nossa Doralice.

 

Doralice, personagem de Nathalia Dill na novela "Cordel encantado" exibe chapéu vinho e reforça tendência do acessório

"Quem assistiu “Cordel encantado” ontem, conferiu a pose de Doralice (Nathalia Dill) com um lindo chapéu vinho durante a conversa com Jesuíno (Cauã Reimond). Mas não é só na novela das seis que o acessório figurou nos últimos dias. No tão comentado casamento real de William e Kate, semana passada, ele ganhou evidência nas cabeças de quase todas as convidadas, anônimas e celebridades... Joss Stone e Victoria Beckham, por exemplo. Mas se você ficou com vontade de copiar o charmoso visual, confira algumas dicas para entrar na moda com estilo e não correr o risco de arriscar um visual caricato:..."

 

publicado por artedetodos às 16:25
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Cordel Encantado’: a vitória da fábula

Boa audiência da novela das seis da Globo,uma super-produção com estética cinematográfica, mostra a força das tramas de época e, principalmente, da realidade de fantasia feita para consumo e entretenimento.

 

 

Beatriz Souza

A novela Cordel Encantado encontrou uma fórmula mágica. Nela se misturam elementos de contos de fadas, toques de misticismo, reis medievais e cangaceiros nordestinos. A  tecnologia também tem um papel importante: o folhetim é uma super-produção, com toques verdadeiramente cinematográficos.E o público reagiu bem. Há menos de um mês no ar, Cordel Encantado registra uma audiência média de 26 pontos e picos de 28 - resultados excelentes para o seu horário. Na grade de programação da Rede Globo, o horário das seis sempre foi reservado às novelas amenas, que acenam com uma fuga da realidade. Cordel Encantado obedece a essa tradição, ao mesmo tempo em que a renova de maneira notável. É o tipo de façanha que não se alcança todo dia. Como se disse, uma fórmula mágica.

Cordel Encantado conta a história da princesa Açucena (Bianca Bin), do reino de Seráfia do Norte. Ela foi separada do pai quando bebê durante uma viagem ao Brasil, devido ao plano da divertida vilã Úrsula (Débora Bloch) de fazer de sua filha a futura rainha. Na cidade de Brogodó, onde é criada por uma família adotiva, ela se apaixona por Jesuíno (Cauã Reynold), filho – também apartado – de Herculano (Domingos Montagne), o rei do cangaço. Essa mistura de cangaço e realeza num universo atemporal, digna de Ariano Suassuna, conduz o espectador à fantasia. “Ao unir a corte europeia ao sertão nordestino, a novela trabalha aspectos da imaginação popular”, diz Mauro Alencar, autor de A Hollywood Brasileira – Panorama da Telenovela no Brasil (Senac).

1. Imaginário coletivo – e divertido

 

Divulgação

A novela combina elementos de contos de fada e de literatura de cordel, como a presença de reis, cangaceiros e um profeta e arquétipos como o do mocinho que vence barreiras para ficar com a mocinha (vide tópico 3). A mistura, semelhante à operada pelo escritor Ariano Suassuna em obras como O Auto da Compadecida, revolve o imaginário coletivo, atingindo, com humor e leveza, referências da infância do telespectador. O resultado é a sua identificação com a trama. E também aquilo que alguns especialistas chamam de “escapismo da realidade”. O entretenimento puro – que a novela das nove, Insensato Coração, com sua overdose de realismo não permite – agrada especialmente ao público do horário, feito de senhoras e estudantes. Até os vilões são engraçados.

 

2. Fantasia de liberdade

Cordel Encantado não tem tempo nem espaço definidos. Uma parte da trama se passa no inexistente reino de Seráfia e outra, na cidade de Brogodó. O primeiro local remete à Europa medieval ou da época do Antigo Regime, quando os países europeus se formaram e consolidaram sob o comando de monarquias. O segundo, ao Nordeste brasileiro da primeira metade do século XX, quando o cangaço grassava na região. A liberdade em casar tempos distintos, sem determiná-los com clareza, rende à novela uma dinâmica própria. O que importa é a verossimilhança interna da trama, que representa quase um universo paralelo.

 

3. Romantismo à moda antiga

Divulgação

O principal par romântico da trama de Thelma Guedes e Duca Rachid, a princesa Açucena (Bianca Bin) e o filho de cangaceiro Jesuíno (Cauã Reynold), enfrentam uma série de adversidades para dar certo. E tudo indica que, como nos contos de fada, o casal só vai ficar junto no final – e então o telespectador terá de supor que viverão felizes para sempre. Romântica também é a representação do cangaço, visto mais como ninho de heróis do que como berço de vilões. Representação colada à da literatura de cordel e, também, similar à imagem quase mística que o movimento ainda tem no país.

 4. Técnica de cinema

Divulgação

Cordel Encantado é a primeira novela gravada em 24 quadros, tecnologia na qual a câmera tira 24 fotos por segundo, como nas filmagens de cinema – em geral, as novelas são gravadas a 30 quadros por segundo. A Globo, aliás, vem investindo alto na novela, a primeira do horário a ter cenas gravadas fora do país. A viagem para a França, onde se passaram as sequências do reino de Seráfia, envolveu uma bagagem de quase 70 malas carregadas de figurinos de época. No Brasil, oito bordadeiras foram contratadas exclusivamente para elaborar o figurino do cangaço.

 

5. Criatividade

Divulgação

A dupla Thelma Guedes e Duca Rachid combina duas características benéficas a uma novela: estofo e gás. Da turma de novos dramaturgos da Globo, elas estão em seu terceiro folhetim, com disposição de criar uma marca e ganhar espaço na emissora. A criação de uma marca se faz a partir de escolhas: uma delas é apostar no Nordeste, terra de Thelma, e em referências literárias, também terreno da autora, que é formada em letras. Mas compor um elenco rico como o de Cordel também é um investimento de autoras e emissora. Aqui, vale destacar a presença do diretor teatral José Celso Martinez Correa, que nunca havia feito novela na vida.

 
 

A combinação de referências, entre as quais se incluem também os contos de fada e o cordel, forma de literatura popular nordestina, leva o espectador a fantasiar - sem contar a feliz coincidência com o caamento real, que aumenta o clima fabuloso da trama. Propõe a ele uma ruptura com o realismo, gênero que vem dando sinais de esgotamento no horário das nove. Esses mesmos elementos de cordel e fábulas remetem a formas de viver que não se questionam, porque já estão dadas há anos – e até há séculos. Num tempo em que até as relações familiares mais básicas passam por transformações, esse contato com o passado e a tradição - ainda que num pequeno intervalo no final da tarde - pode ser uma espécie de bálsamo.

Imaginário – As referências ao cordel estão por toda a trama. A história de Açucena, uma princesa perdida que descobre quem realmente é quando o rei de uma localidade distante vem procurá-la, é recorrente nas histórias de cordel. Segundo Aderaldo Luciano, coordenador editorial da editora Luzeiro, especializada em cordéis, a identificação do público com a novela se dá porque são personagens do povo – sempre vistos com certa benevolência pelo espectador.

Outro fator de sucesso, levantado por Esther Hambúrguer, professora de audiovisual da Universidade de São Paulo (USP), é o a mitologia em torno do cangaço, que ajuda a despertar o interesse do público. “O cangaço é uma referência forte na cultura nordestina e está espalhada por todo o país”, afirma. Os cangaceiros são presença fundamental no cordel, em que são representados como heróis. “A novela retoma a valorização do cangaço na cultura brasileira.”

História da história – Não menos importante para explicar o bom desempenho da novela das seis é o talento da dupla Thelma Guedes e Duca Rachid. Embora retrabalhem temas antigos, por vezes arcaicos, fixados no fundo do imaginário social, elas conseguem injetar vivacidade nas tramas. Colegas são unânimes em elogiá-las.

Cordel Encantado é a terceira parceria das autoras. A novela passou cinco anos na gaveta, à espera do aval da produção da Globo. Quando a dupla apresentou à emissora a sinopse da trama, o canal estava se decidindo a dar um tempo nas novelas de época. Haviam acabado de ser exibidas Alma Gêmea (2005) e O Profeta (2006) e Desejo Proibido (2007) estava a caminho – todas ambientadas na primeira metade do século XX.

O remake de O Profeta, trama espírita de Ivani Ribeiro exibida pela primeira vez nos anos 1970, foi, aliás, a inauguração da parceria entre Thelma e Duca. Uma estreia bem sucedida: com média de 32 pontos no Ibope, ela chegou a empatar com Paraíso Tropical, que na época estava no ar no horário das nove. Cordel Encantado faz algo semelhante, passando em audiência a novela das sete, Morde & Assopra.

Depois da mística O Profeta, a emplacou mais um sucesso no horário das seis, Cama de Gato, espécie de conto de fada moderno estrelado por Camila Pitanga e Marcos Palmeira. Ali, alcançaram 24 pontos de média no Ibope, número que agradou à Globo. Com Cordel Encantado, a emissora sorri ainda mais. É a vitória da fábula.

publicado por artedetodos às 13:58
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Cauã Reymond brilha como herói do sertão em Cordel Encantado

Sem medo de desgastar sua imagem, o ator aceitou de pronto o convite para ser Jesuíno

Cauã Reymond deixou de lado o jeitão de surfista

 

Falar que Cauã Reymond é lindo já virou lugar comum, apesar de ser inevitável o clichê. Porém, mais do que por sua beleza, o galã de 30 anos - ele completa 31 em 20 de maio - vem se destacando nos últimos trabalhos por interpretar com firmeza personagens não muito fáceis para um jovem ator.

Ainda mais se considerarmos que este mesmo ator começou em papéis relativamente fracos do ponto de vista de densidade dramática. Maumau, de Malhação (2002), e Thor Sardinha (2004), de Da Cor do Pecado, não eram exatamente o que podemos chamar de personagens com diversas nuances.

Contundo, ao interpretar Halley, em A Favorita, de 2008, crítica e público começaram a perceber que o rapaz tinha talento. Pela atuação, ele ganhou diversos troféus, na época. Como Danilo, de Passione, veio a certeza que Cauã não era apenas mais um rostinho bonito. Mesmo porque ele se deixou ‘enfeiurar’ (como se isso fosse possível!) para dar veracidade ao rapaz viciado em crack.   

Sem medo de desgastar sua imagem, o ator aceitou de pronto o convite para ser Jesuíno, o mocinho de Cordel Encantado, novela das 18h da Globo/TV Bahia. “Concordo de uma certa forma com as pessoas que criticam que os atores não descansam a imagem.

Mas o Jesuíno não tem nada a ver com o Danilo. São personagens muito diferentes um do outro”, ressalta. E, apesar do pouco tempo de preparação para o novo desafio, não ficou um resquício sequer do Danilo de Passione. Coisa, assim, de gente talentosa. 

Preparação
Surfista, adepto de malhação e menino típico da cidade grande, para viver o sertanejo Jesuíno, Cauã Reymond se jogou de cabeça na cultura do Nordeste. O ator estudou a história do cangaço, ouviu muito forró e ainda teve que aprender a montar a cavalo. “Eu me preparei bastante para fazer o Jesuíno. Fiz aula de prosódia, montaria...”, conta.

A preparação também incluiu assistir várias vezes aos filme Narradores de Javé e Deus e o Diabo na Terra do Sol, clássico de Glauber Rocha, além da série Grande Sertão: Veredas.

Sair de um personagem carregado de drama e tristeza, como Danilo, e partir para um papel mais leve, como Jesuíno, foi ótimo para Cauã. “Estou resgatando meu lado romântico. Minha mulher (a atriz Grazi Massafera) está adorando, agora chego em casa mais calmo, não preciso mais tomar banho de sal grosso”, brinca.

Filmes
Em Cordel Encantado, o bonitão trabalha pela segunda vez com a atriz Bianca Bin. O romance dos personagens dos dois não vingou em Passione, mas, agora, eles formam um dos casais mais fofos da atual teledramaturgia, como Açucena e Jesuíno. “Eu e a Bianca Bin estamos nos dando muito bem. Arrisco dizer que estamos com uma baita química, que talvez a gente  não tenha tido em Passione”.

E para quem ainda duvida do talento de Cauã Reymond, este ano será possível vê-lo nos cinemas, longe de sua zona de conforto, interpretando personagens bem diversos. Na sexta-feira, estreia Não se Pode Viver Sem Amor. Em junho, é a vez de Estamos Juntos, em que vive um DJ homossexual. Ainda estão previstos Meu País e Borboletas Indômitas.

Assim que terminar Cordel Encantado, que tem previsão de seis meses de duração, o moreno estará no filme Dois Macacos Mais Um, de Michele Matalon e Rafael Primot.

Apesar das investidas na telona, Cauã não nega suas raízes na televisão e nem pensa em se afastar dela.  “Gosto de todos os trabalhos que fiz, tanto no cinema como no teatro, mas minha paixão são as novelas. A comunicação com milhões de telespectadores me seduz. São muitas pessoas enxergando seu trabalho. É muito especial”.

publicado por artedetodos às 13:37
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Isabelle Drummond de volta às novelas. Acompanhe sua carreira

Da série "elas cresceram", Isabelle Drummond mostra que não é mesmo mais a garotinha que surgiu em 2000 na TV. A atriz, que foi filha da personagem de Ana Paula Arósio na série "Os Maias" (foto acima), voltará às novelas como Rosa, filha de Florinda (Emanuelle Araújo) em "Cordel encantado" (na foto abaixo). Rosa trabalhará de secretária na prefeitura de Brogodó, cidade nordestina fictícia do folhetim que estreia na próxima segunda-feira, dia 11, na Globo.

- A Rosa é recatada, bem diferente da Bianca - diz Emanuelle, comparando sua atual personagem a que ela representou em "Caras & bocas". - Não sou parecida com nenhuma delas porque não sou tão tímida quanto a Rosa nem tão extrovertida como era a Bianca. Tenho o meu jeito - avisa.

Na história de Thelma Guedes e Duca Rachid, seu pai será vivido por Guilherme Fontes (o botânico Zenóbio).  Abaixo, uma foto de Isabelle caracterizado como Rosa.

Veja os diferentes trabalhos de Isabelle:  Como Bianca em "Caras & bocas"

No papel de Emília ao lado de Carolina Moilinari (Narizinho) e João Vitor Silva (Pedrinho) no "Sítio do Picapau Amarelo"

Posando para uma revista em 2001

Em 2000, com Ana Paula Arósio, quando surgiu na TV em "Os Maias"

Em 2000, no início da carreira

publicado por artedetodos às 13:02
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Bianca Bin tenta ficar mais moreninha para viver a Açucena de ‘Cordel encantado’

“Uso muito protetor solar, muito! No corpo, o da La Roche-Posay FPS 30; no rosto, FPS 60. Agora, estou precisando tomar um solzinho para ir me bronzeando para a próxima personagem (ela fará a nordestina Açucena de ‘Cordel encantado’, próxima novela das seis). Gosto da oportunidade de ser moreninha, mas não tenho muita melanina, não. Na época de ‘Malhação’, fiz bronzeamento artificial e não ficou legal. Desboto muito rápido. Sou paulista, e quando vou à praia no Rio, me sinto mais branca ainda.”

publicado por artedetodos às 13:00
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

‘Cordel encantado’: Luana Martau faz sucesso como Carlota

Extra Esther Medina

Um rosto pouco conhecido do público está roubando a cena, em meio a tantos atores consagrados, na novela “Cordel encantado”.

Aos 26 anos, Luana Martau vem dando um show de interpretação como a mimada Carlota. E a boa recepção de seu trabalho junto aos telespectadores enche a ruivinha de orgulho.

— Certa vez, uma mulher gritou para mim no meio da rua: “A Carlota vai ser uma ótima rainha!”. Fiquei superfeliz com o carinho — conta a atriz.

Para compor a personagem, Luana teve como fonte de inspiração o longa “Maria Antonieta”, dirigido por Sofia Coppola e estrelado por Kirsten Dunst:

— Esse filme foi uma grande referência, até para saber como eu deveria andar usando roupas de época e como as pessoas da corte se portavam. Apesar de Carlota ter uma personalidade difícil, a atriz garante que a filha da duquesa Úrsula (Débora Bloch) não é do mal.

— Ela é ambiciosa e chata, mas não é vilã. Acredito que Carlota pode mudar de comportamento quando se apaixonar de verdade — diz ela.

 

Carreira inesperada

 

Nascida em Porto Alegre e radicada no Rio desde a infância, a atriz lembra que sua carreira começou de forma inesperada.

— Não planejei ser atriz. Quando tinha nove anos, fui chamada para substituir uma amiga num musical e estou nessa até hoje — lembra Luana, que desde então participou da novela “Cama de gato” e da série “Clandestinos”.

publicado por artedetodos às 12:57
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Blog Kogut -Foto de Princesa Aurora

No 'Melhor do leitor', a primeira foto da Princesa Aurora

Bianca Bin interpreta Princesa Aurora

 

 

O post com a primeira foto de Açucena (Bianca Bin) vestida como Princesa Aurora, em "Cordel encantado", foi um dos mais comentados nesta terça-feira. Confira.

 

Nome: Rodner Alessandro Brito - Excelente novela! Estou encantado! Não perco um capítulo, super ágil sem enrolação. Se fosse nas mãos de outros Autores a Princesa só seria encontrada no último capítulo. Mas Thelma e Duca sabem acelerar as tramas e só têm a ganhar com isso, audiência e elogios.

Nome: Pablo Olave Brito - Antes de fechar 50 capítulos, o rei já encontrará a princesa perdida. Não economizar história é mais do que um grande trunfo para ganhar audiência, é respeito das autoras com a nova mentalidade do público que assiste à televisão. Novos tempos, novas diretrizes.

Apelido: MiraSorvino - O figurino dessa novela é PERFEITO! Dá vontade de voltar no tempo só para usar os vestidos de Úrsula e outras personagens. Os homens ficam tão bonitos que eu, que nunca fui disso, já me peguei suspirando ao olhar para o rei e para o líder cangaçeiro.

Apelido: Dulopez - Bianca Bin é a mistura de talento e beleza! Coisa rara na televisão nos últimos tempos.

publicado por artedetodos às 00:41
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Aprenda a receita do doce que encantou Rei Augusto

Saiba fazer um 'divino' Coração de Moça, quitute de Maria Cesária

Coração de Moça é o doce que deixou Rei Augusto mais encantado por Maria CesáriaCoração de Moça é o doce que deixou Rei Augusto ainda mais encantado por Maria Cesária

 

Maria Cesária (Lucy Ramos) é um cozinheira de mão cheia. A contragosto de Ternurinha (Zezé Polessa), ela começou a trabalhar na cozinha do Palácio do Governo, em Brogodó, onde Rei Augusto (Carmo Dalla Vecchia) e toda a realeza de Seráfia estão hospedados. Não demorou para a majestade se encantar pela beleza da jovem cozinheira, e por seus quitutes.

Ela preparou um "Coração de Moça" e o deixou na porta do quarto do rei. Ele ficou enfeitiçado pelo sabor do doce: "Divino!".

Aprenda também a fazer a receita deste doce que encantou Rei Augusto e o deixou mais maravilhado com Maria Cesária.

A receita abaixo rende 5 tabuleiros, o que equivale à 80 corações de moça.

Ingredientes:

Massa:
32 colheres de sopa de *açúcar (refinado) peneirado
24 ovos
16 colheres de sopa de trigo
16 colheres de sopa de fécula de batata
8 colheres de chá de fermento

*famoso açúcar de confeiteiro, bem fininho

Recheio de doce de leite:
3 latas de leite condensado
6 gemas
1 creme de leite sem soro

Cobertura:
1 Kg de açúcar (refinado) peneirado
1 xicara de chá de leite


Mode de fazer:

Separe as claras da gema, acresente o açúcar e bata na batedeira até ficar bem clarinho. Em um recipiente misture o restante dos ingredientes, muito bem misturado.Depois coloque na batedeira e misture. Bata as claras em neve e acresente na mistura.
Unte o tabuleiro e leve ao forno a 250ºC por 5 minutos.

Recheio:
Cozinhe as latas de leite condensado em uma panela de pressão, depois em um recipiente acresente doce de leite cozido e as gemas.Misture bem. Leve ao fogo depois de ferver, acresente o creme de leite e desligue o forno. Mexa bem.

Depois monte os bem-casados com a forma e tamanho desejado.

Cobertura:
Leve ao fogo em banho maria todos os ingredientes, até formar um casquinha fina e consistente.Tire do fogo,mexa e despeje por cima do bem-casado. Deixe secar, retire o excesso. Depois é só decorar.

 

Resultado Final - Humm...Divino!!!

publicado por artedetodos às 00:23
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Bianca Bin: "Não falo mais sobre relacionamentos" (continuação CRIATIVA)

Aos 20 anos, a atriz de Cordel Encantado ruma à fama, enquanto enfrenta a saudade da família e de casa - e aprende a ser discreta sobre sua vida pessoal

Mesmo com a correria das gravações de Cordel Encantado, Bianca Bin abriu uma brecha na agenda e foi clicada pela fotógrafa Nana Moraes em uma noite de calor característico no Rio de Janeiro. O editor de moda Heleno Manoel foi responsável pelo styling da atriz e Erica Monteiro cuidou da beleza. Veja mais fotos abaixo e confira o making of.

Foto: Nana Moraes
(Foto: Nana Moraes)
Foto: Nana Moraes
(Foto: Nana Moraes)
Foto: Nana Moraes
(Foto: Nana Moraes)
Foto: Nana Moraes
(Foto: Nana Moraes)
Foto: Nana Moraes
(Foto: Nana Moraes)

 

publicado por artedetodos às 00:12
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Carmo Dalla Vecchia busco...

. Thiago Lacerda brinca com...

. Influenciada por Úrsula, ...

. Amália socorre Miguézim

. Lucy Ramos aprendeu truqu...

. ‘Me sinto privilegiada em...

. Conferimos as gravações d...

. Vídeo Show mostra os bast...

. Figurino de época de 'Cor...

. Veja como foram as gravaç...

. Acompanhamos as gravações...

. Vídeo Show mostra as grav...

. Vídeo Show News: Elenco ...

. Vídeo Show acompanha a fe...

. Confira o making of do ac...

.arquivos

. Maio 2011

. Abril 2011

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds