Sexta-feira, 13 de Maio de 2011

Novelas inovadoras: uma aposta arriscada, mas que pode dar certo

A safra atual de novelas apresenta algumas inovações importantes no formato. Mas até que ponto isso é válido e como saber os limites dessas “invenções”? Cordel Encantado e Morde & Assopra são exemplos distintos disso. Enquanto a nova trama das 18h mistura o sertão nordestino com a realeza europeia, a novela das sete traz dinossauros robôs dividindo a cena. Porém, enquanto a primeira vem batendo recordes de audiência, a segunda não caiu nas graças do público.

Cordel Encantado é uma fábula, uma história que não tem compromisso com a realidade e nem apresenta uma época distinta. Elementos do passado e do presente convivem em harmonia, sem causar nenhum estranhamento. Duca Rachid e Thelma Guedes contam com leveza a história da princesa que foi criada no sertão nordestino. Entre cangaceiros, reis, batalhas entre reinos distantes e coronéis do sertão, somos fisgados pela história. Enfim, o que parecia uma mistura sem pé nem cabeça agradou desde o primeiro capítulo. Pra completar, as câmeras utilizadas dão a impressão de que assistimos a um filme de época.

 

A produção de arte e os figurinos são uma atração à parte. Dos trajes elegantes usados pela corte de Seráfia às roupas coloridas dos sertanejos, tudo é  belíssimo. Segundo o site da novela, o folclore brasileiro serviu como inspiração para os cenários, que apresentam uma riqueza de detalhes impressionante. Sem dúvida alguma, esse Cordel é mesmo Encantado.

Já em Morde & Assopra, Walcyr Carrasco também apostou na ousadia, mas sem o mesmo retorno da audiência. A trama vem patinando no ibope, a exemplo de Tempos Modernos, que também tinha um robô como personagem. Na atual novela das 19h, temos androides e fósseis de dinossauros ocupando o mesmo espaço, o que é bem estranho. Sim, porque ao contrário de Cordel Encantado, Morde & Assopra é uma trama contemporânea que tenta passar a ideia de que tudo aquilo é real. Talvez seja esse o maior erro.

 Mas nem só de tropeços vive a novela. O elenco é de primeira, com destaque para as sempre ótimas atuações de Ary Fontoura, Elizabeth Savalla e Jandira Martini. Vanessa Giácomo vem surpreendendo como a vilã Celeste, assim como Bárbara Paz e sua dissimulada Virgínia. Marcos Pasquim não muda muito de um personagem para outro, o que salva é o par romântico com Adriana Esteves, que apesar de repetitivo, tem muita química. As cenas da paleontóloga Júlia e seus sonhos com dinossauros são surreais, mas os efeitos especiais estão incríveis, não se pode negar.

E pra vocês, por que Cordel Encantado emplacou e Morde & Assopra está a perigo? Que inovações são válidas na teledramaturgia?

publicado por artedetodos às 15:56
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Carmo Dalla Vecchia busco...

. Thiago Lacerda brinca com...

. Influenciada por Úrsula, ...

. Amália socorre Miguézim

. Lucy Ramos aprendeu truqu...

. ‘Me sinto privilegiada em...

. Conferimos as gravações d...

. Vídeo Show mostra os bast...

. Figurino de época de 'Cor...

. Veja como foram as gravaç...

. Acompanhamos as gravações...

. Vídeo Show mostra as grav...

. Vídeo Show News: Elenco ...

. Vídeo Show acompanha a fe...

. Confira o making of do ac...

.arquivos

. Maio 2011

. Abril 2011

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds