Sexta-feira, 13 de Maio de 2011

Sem folga: veja os atores que emendam papéis nas novelas

Bianca Bin, Paola Oliveira e Cauã Reymond são alguns exemplos de atores que emendaram uma novela atrás da outra

Se você já teve a sensação de 'déjà vú' ao assistir às novelas que estão no ar, saiba que há um motivo para isso. Com os núcleos cada vez mais parecidos, muitos folhetins acabam por "repetir" atores que há pouco tempo participaram de outra produção.

É o caso da protagonista de Insensato Coração, Paola Oliveira, que em 2010 foi a vilã de Cama de Gato, novela exibida às 19h. Cauã Reymond também está há algum tempo nas telas: o ator saiu de seu papel do viciado Danilo, em Passione, que terminou no começo de 2011, e foi direto para a novela das 18h, Cordel Encantado, na qual interpreta o herói romântico Jesuíno. Confira nas fotos mais alguns atores que emendaram papéis em novelas.

Se você já teve a sensação de 'déjà vú' ao assistir às novelas que estão no ar, saiba que há um motivo para isso. Com os núcleos cada vez mais parecidos, muitos folhetins acabam por "repetir" atores que há pouco tempo participaram de outra produção. Paola Oliveira (que esteve escalada para Cordel Encantado) em 'Cama de Gato'(das mesmas autoras de Cordel Encantado) - a novela acabou em 2010 e Paola ficou conhecida como a vilã Verônica, que além de má tinha um aspecto fashion que agradou os telespectadores.

Paola Oliveira em 'Insensato Coração' - de vilã da novela das 18h, Paola foi para a mocinha da novela das 21h. Hoje ela interpreta a Marina, uma arquiteta bem sucedida que faz par romântico com Pedro (Eriberto Leão).
Bianca Bin em 'Passione' - A atriz estrelou a novela das 21h, que acabou em janeiro de 2011. Ela intepretou a moderna Fátima.

Bianca Bin em 'Cordel Encantado' - após 'Passione', que terminou no começo de 2011, a atriz foi chamada após alguns meses para protagonizar a novela das 18h no papel de Açucena. Ela apareceu com novo visual, de cabelos compridos e mechas mais claras.


Bruno Gagliasso em 'Passione' - na novela, Bruno era Berilo, um italiano um tanto "cafajeste" que tinha duas mulheres.

Bruno Gagliasso em 'Cordel Encantado' - do cafajeste de 'Passione', Bruno passou a ser o vilão Timóteo Cabral na novela das 18h.

Cauã Reymond em 'Passione' - o ator interpretou Danilo, um viciado em drogas, na novela das 21h, que terminou em janeiro de 2011.

Cauã Reymond em 'Cordel Encantado' - ele é mais um dos atores do time que pulou direto de 'Passione' para a novela das 18h. Na trama, o galã interpreta Jesuíno, um valente herói romântico.
Tony Ramos em 'Caminho das Índias'(em que Bruno interpretou Tarso) - ele fez sucesso como o indiano orgulhoso Opash Ananda na novela que acabou em setembro de 2009.

Tony Ramos em 'Passione' - nem bem abandonou o sotaque indiano, o ator adotou o sotaque da Itália ao interpretar Totó na novela das 21h, que começou em 2010.

publicado por artedetodos às 21:49
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
Quarta-feira, 11 de Maio de 2011

Cauã Reymond brilha como herói do sertão em Cordel Encantado

Sem medo de desgastar sua imagem, o ator aceitou de pronto o convite para ser Jesuíno

Cauã Reymond deixou de lado o jeitão de surfista

 

Falar que Cauã Reymond é lindo já virou lugar comum, apesar de ser inevitável o clichê. Porém, mais do que por sua beleza, o galã de 30 anos - ele completa 31 em 20 de maio - vem se destacando nos últimos trabalhos por interpretar com firmeza personagens não muito fáceis para um jovem ator.

Ainda mais se considerarmos que este mesmo ator começou em papéis relativamente fracos do ponto de vista de densidade dramática. Maumau, de Malhação (2002), e Thor Sardinha (2004), de Da Cor do Pecado, não eram exatamente o que podemos chamar de personagens com diversas nuances.

Contundo, ao interpretar Halley, em A Favorita, de 2008, crítica e público começaram a perceber que o rapaz tinha talento. Pela atuação, ele ganhou diversos troféus, na época. Como Danilo, de Passione, veio a certeza que Cauã não era apenas mais um rostinho bonito. Mesmo porque ele se deixou ‘enfeiurar’ (como se isso fosse possível!) para dar veracidade ao rapaz viciado em crack.   

Sem medo de desgastar sua imagem, o ator aceitou de pronto o convite para ser Jesuíno, o mocinho de Cordel Encantado, novela das 18h da Globo/TV Bahia. “Concordo de uma certa forma com as pessoas que criticam que os atores não descansam a imagem.

Mas o Jesuíno não tem nada a ver com o Danilo. São personagens muito diferentes um do outro”, ressalta. E, apesar do pouco tempo de preparação para o novo desafio, não ficou um resquício sequer do Danilo de Passione. Coisa, assim, de gente talentosa. 

Preparação
Surfista, adepto de malhação e menino típico da cidade grande, para viver o sertanejo Jesuíno, Cauã Reymond se jogou de cabeça na cultura do Nordeste. O ator estudou a história do cangaço, ouviu muito forró e ainda teve que aprender a montar a cavalo. “Eu me preparei bastante para fazer o Jesuíno. Fiz aula de prosódia, montaria...”, conta.

A preparação também incluiu assistir várias vezes aos filme Narradores de Javé e Deus e o Diabo na Terra do Sol, clássico de Glauber Rocha, além da série Grande Sertão: Veredas.

Sair de um personagem carregado de drama e tristeza, como Danilo, e partir para um papel mais leve, como Jesuíno, foi ótimo para Cauã. “Estou resgatando meu lado romântico. Minha mulher (a atriz Grazi Massafera) está adorando, agora chego em casa mais calmo, não preciso mais tomar banho de sal grosso”, brinca.

Filmes
Em Cordel Encantado, o bonitão trabalha pela segunda vez com a atriz Bianca Bin. O romance dos personagens dos dois não vingou em Passione, mas, agora, eles formam um dos casais mais fofos da atual teledramaturgia, como Açucena e Jesuíno. “Eu e a Bianca Bin estamos nos dando muito bem. Arrisco dizer que estamos com uma baita química, que talvez a gente  não tenha tido em Passione”.

E para quem ainda duvida do talento de Cauã Reymond, este ano será possível vê-lo nos cinemas, longe de sua zona de conforto, interpretando personagens bem diversos. Na sexta-feira, estreia Não se Pode Viver Sem Amor. Em junho, é a vez de Estamos Juntos, em que vive um DJ homossexual. Ainda estão previstos Meu País e Borboletas Indômitas.

Assim que terminar Cordel Encantado, que tem previsão de seis meses de duração, o moreno estará no filme Dois Macacos Mais Um, de Michele Matalon e Rafael Primot.

Apesar das investidas na telona, Cauã não nega suas raízes na televisão e nem pensa em se afastar dela.  “Gosto de todos os trabalhos que fiz, tanto no cinema como no teatro, mas minha paixão são as novelas. A comunicação com milhões de telespectadores me seduz. São muitas pessoas enxergando seu trabalho. É muito especial”.

publicado por artedetodos às 13:37
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
Sábado, 23 de Abril de 2011

Jornal: Cauã Reymond se empolga com personagem e quer comprar cavalo

De acordo com a coluna Zapping, do jornal Agora São Paulo, o ator Cauã Reymond está tentando comprar um cavalo por causa do cangaceiro Jesuíno, seu personagem na novela Cordel Encantado, que substituirá Araguaiana Globo.

Cauã é dono de quatro cachorros e três gatos e aparecerá na trama quase sempre acompanhado do animal. Ele tem tomado um cuidado especial para não se machucar nos bastidores, pois se submeteu a uma cirurgia no quadril em 2010, quando ainda atuava em Passione. Ele já caiu uma vez do cavalo em Sergipe durante as gravações de Cordel Encantado.

publicado por artedetodos às 20:51
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
Quinta-feira, 21 de Abril de 2011

Cauã Reymond supera desconfiança e se firma como grande ator

Redação - Aqui

 

Quando Cauã Reymond estreou em Malhação, em 2002, como o boa-praça Mau Mau, muita gente imaginou que ele logo fosse desaparecer — sua falta de talento era nítida. No ano seguinte, porém, ganhou o papel do lutador Thor Sardinha em Da cor do pecado. Na época, as más línguas disseram que a escalação foi intervenção de Alinne Moraes, uma das mocinhas da novela, e sua então namorada. De trabalho em trabalho, Cauã foi crescendo como ator e colocou uma pá de cal nas desconfianças. Hoje, ele está na lista dos melhores atores de sua geração. A consagração vem com o primeiro protagonista de sua carreira: o Jesuíno de Cordel encantado.

O ator vive seu primeira protagonista

“Sei que vai ter muita gente ainda que vai falar mal de mim. Vai ter revista dizendo que o sotaque está errado, que meu mocinho está chato. Já estou acostumado com isso e não ligo. Sei que sou dedicado”, diz Cauã, na maturidade dos 30 anos. 
HALLEY
A reviravolta na carreira do ator aconteceu em 2008, quando interpretou o malandro Halley em A favorita. Com o papel, Cauã ganhou diversos troféus, entre eles o Prêmio Extra de Melhor Ator Coadjuvante. Ano passado, o bonitão se superou ao dar vida a Danilo, o viciado em crack que roubou a cena em Passione. O Jesuíno de Cordel encantado tem tudo para dar continuidade à lista de bons personagens do ator. “Jesuíno é o protagonista, mas ele é meio anti-herói. Em determinado momento, vai virar uma espécie de Robin Hood, que rouba dos ricos para dar aos pobres”, adianta o marido da atriz Grazi Massafera.
Cauã mergulhou fundo no universo do cangaço para não fazer feio. Ouviu muito forró, leu livros sobre o sertão e viu dezenas de vezes a minissérie Grande sertão: veredas, estrelada por Tony Ramos. “Quando operei o quadril, passei minha recuperação assistindo à atuação de Tony. Fiquei fascinado e empolgadíssimo com Cordel encantado”, conta Cauã. Para compor o seu Jesuíno, o ator quis criar uma relação com o cavalo que usa em cena. Na preparação para o trabalho, ele e Bianca Bin, a Açucena da novela, fizeram aulas de montaria em um rancho em Guaratiba e, atualmente, sempre que pode, Cauã volta ao local para matar a saudade do animal, que apelidou de Relâmpago: “Quando vi o rapaz que cuidava dele, pensei: encontrei o Jesuíno. Ele é assim”.
publicado por artedetodos às 20:06
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Cauã Reymond e Bianca Bin participam de coletiva de novela

Casal será protagonista do próximo folhetim das 18 horas, "Corde Encantado"

QUEM Online

Cauã Reymond eBianca Bin participaram nesta segunda-feira (28), da coletiva de apresentação da novela "Cordel Encadado", que subsituirá "Araguaia" no horário das 18 horas. O casal será protagonista da trama que estreia no dia 11 de abril.

GALERIA DE FOTOS: VEJA COMO FOI A COLETIVA DE IMPRENSA DE "CORDEL ENCANTADO"

O ator disse em entrevista que chegou a pensar em não aceitar o papel por conta de Danilo, seu último trabalho na novela "Passione". "Achei que precisava de mais um tempo, pois quando fui convidado ainda nem tinha terminado a novela. Mas aceitei porque é um trabalho leve, uma fábula".

O ator, que viverá o mocinho Jesuíno, contou que já está montando no cavalo a pelo, sem cela. "Mas quando chego em casa tenho que passar muito Hipoglós", brincou.

Cauã também disse que o personagem está lhe ensinando a ser mais romântico. Questionado se Grazi Massafera tem gostado disso, ele revelou que sim. "É melhor do que chegar perturbado como era com Danilo, que tomava banho de sal grosso", disse.



 

 

Bianca, que interpretará duas personagens, Açucena e Princesa Aurora, disse que o tamanho do personagem não faz diferença. "Tem o mesmo peso e é um desafio. Protagonista ou não, eu fico nervosa", disse.

A atriz contou que teve aulas de montaria para a novela, e que emagreceu um pouco fazendo aulas de muay tha, mas não sabe exatamente quanto. "Comecei a me achar bonita, apresentável. Na adolescência eu só via meus defeitos, agora estou descobrindo minha beleza", afirmou.

publicado por artedetodos às 12:16
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Sem folga: veja os atores...

. Cauã Reymond brilha como ...

. Jornal: Cauã Reymond se e...

. Cauã Reymond supera desco...

. Cauã Reymond e Bianca Bin...

.arquivos

. Maio 2011

. Abril 2011

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds