Sábado, 23 de Abril de 2011

Marcelo Novaes vai interpretar o gago Quiquiqui

Ator se inspirou em amigos e até no Diogo do Big Brother Brasil 11 para viver um personagem cheio de humor

 

Marcelo Novaes será o gago Quiquiqui

Para interpretar Quiquiqui, seu novo personagem na próxima novela das seis, Marcelo Novaes teve um novo desafio: aprender a gaguejar. Na trama, ele vive um músico de Brogodó, a cidadezinha onde se passa parte da história, e tem uma banda junto com seu irmão Setembrino (Glicério Rosário) e o amigo Farid (Mouhamed Harfouch). O trio toca esporadicamente na venda de Florinda (Emanuelle Araújo) e faz a alegria nas festas da cidade. “É um personagem muito interessante e um desafio muito grande para mim”. Segundo o ator, ele se inspirou no filme vencedor do Oscar 2010, “O Discurso do Rei”, e também no participante do BBB 11 Diogo para compor a gagueira de seu personagem. Leia abaixo a entrevista na íntegra com Marcelo Novaes.

Quais as principais características do Quiquiqui?

Ele é gago, é percussionista, toca zabumba e canta no trio com o irmão dele e o Farid. É do pessoal do bem de Brogodó, um personagem cômico da novela, que está sendo criado ainda, não só pelas autoras, mas também por mim. Ele tem uma timidez, mas ao mesmo tempo é muito justiceiro. A gagueira o incomoda bastante, principalmente quando se refere a um amor. Agora, o gago quando canta não gagueja. Tem umas canções que a gente está estudando para fazer, nessa hora ele não vai ser gago.

O que você está achando do seu personagem?

É um personagem muito interessante e um grande desafio para mim. Eu sempre tive vontade de fazer um gago, era um sonho. Conheço alguns amigos que são gagos e sempre pensava em um dia fazer um personagem assim. Murilo Benício já fez um gago maravilhoso. Pretendo continuar agarrando essas chances de fazer personagens diferentes, como o Quiquiqui, que está sendo um personagem difícil de compor. Desde alguns anos de carreira para cá, eu venho vendo que preciso de uns dois meses com o personagem para me sentir um pouco confortável para depois falar “peguei ou não peguei” o tom dele. Acho que é necessário esse exercício, aí você começa a bater bola com os autores. Me sinto construindo o personagem.

Como você se preparou para viver um gago?

Me inspirei nos amigos, coisas que vi na internet, o próprio Diogo do Big Brother me ajudou, eu ficava prestando bastante atenção nele. Fui ver o filme "O Discurso do Rei" também. Estou tentando achar um meio termo para que não fique repetitivo, nem muito lento, mas que seja engraçado. Quero também transmitir o problema da gagueira, mostrando que ninguém se sente confortável com isso. É um problema que tem tratamento, que tem como melhorar bastante.

Seu personagem é músico. Qual a sua relação com música?

Eu tenho uma noção bem rasa, vamos dizer assim, de percussão. Gosto muito de música, tenho um estúdio na minha casa, já toco há muitos anos. Toco um pouco de gaita, de bateria, de percussão, violão. Tenho certa noção musical, nada demais. Fiz aulas de zabumba, do zero já não estou. Estou levando fé e feliz com o personagem.

publicado por artedetodos às 19:18
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|  O que é?

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Marcelo Novaes vai interp...

.arquivos

. Maio 2011

. Abril 2011

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds