Sábado, 14 de Maio de 2011

Matheus Nachtergaele é especialista em interpretar personagens diferentes

Na trama das seis, Cordel Encantado, o ator vive o profeta Miguézim

 

O povo de Brogodó, de Cordel Encantado, é um pouco dividido em relação ao Miguézim. Tem gente que acha que ele é um profeta e outros pensam que é meio maluquinho. De qualquer maneira, com certeza vai ser mais um personagem marcante na carreira do Matheus Nachtergaele.

 

O ator é um especialista em tipos bem diferentes. Já interpretou o Carreirinha, de América (2005), o padre Miguel de A Muralha (2000), Helinho em Da Cor do Pecado (2004), Tofano em Decamerão(2009)...

Vídeo

publicado por artedetodos às 01:29
link do post | comentar | favorito
|  O que é?
Terça-feira, 19 de Abril de 2011

Matheus Nachtergaele volta às novelas

Ator vai interpretar um profeta sábio e visionário que detém o grande segredo da trama

 

Matheus Nachtergaele será Profeta Miguézim, que fundará Vila da Cruz

Desde 2005, Matheus Nachtergaele não faz novela. Seus últimos trabalhos na TV foram em minisséries e, agora, ele volta com um personagem que promete encantar a todos: o Profeta Miguézim. Um homem sábio e visionário, que muitas vezes assusta o povo com suas profecias e acaba sendo considerado maluco. “Miguézim detém o grande segredo da novela”, revela Matheus. Leia abaixo a entrevista com o ator e conheça mais seu personagem.

Por que resolveu voltar a fazer novela?

Eu estava com saudade e acho que a comunicação com o público é impressionante. Cordel Encantado é uma fábula e me pareceu encantador. O personagem e a história toda me encantaram. Eu fui lendo a sinopse e os capítulos com um prazer tão grande que não tinha como dizer não. A Amora e o Ricardo são muito queridos, foi um convite muito carinhoso e fora que tenho grandes amigos no elenco. Fiquei feliz!

O que você está achando do Miguézim?

Ele é um profeta inspirado no Antonio Conselheiro, de Canudos. Miguézim tem visões, fala sempre a verdade. Algumas pessoas consideram ele um louco e outras o admiram e têm fé nele. Ele funda Vila da Cruz a partir da queda de um meteorito, que é o início da novela. Nesse lugar, ele entende que virá um rei, que as coisa vão mudar e que lá deve existir uma cidade de paz, justiça e de amor, onde ninguém terá muito e nem pouco. É um homem de bons sentimentos. Tem algo de delirante nele. Acho que vai ser saboroso trabalhar as nuances entre a sabedoria e a loucura.

Como você se preparou para viver o profeta Miguézim?

Eu dei uma olhada no Gentileza, na Estamira, que é uma esquizofrênica do lixão de Gramacho, e também no Bispo do Rosário. Li livros, procurei imagens do Gentileza falando e o Conselheiro eu conheço de ter lido Os Sertões. A gente criou o personagem por aí. Um cara que abriu mão das riquezas. Miguézim detém o grande segredo da novela, ele tem um mistério, mas isso eu não posso contar.

Você pretende seguir com os outros projetos além de Cordel Encantado?

Eu não acho muito possível fazer outras coisas durante uma novela. Eu ia começar uma peça dirigida pela Michel Melamed, mas eu achei que não era possível. Eu admiro atores que conseguem fazer novela e fazer algo paralelo, mas para mim é muito desgastante.

publicado por artedetodos às 19:31
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Matheus Nachtergaele é es...

. Matheus Nachtergaele volt...

.arquivos

. Maio 2011

. Abril 2011

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds